Dicas de como escolher desenhos para decorar as suas paredes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Se você acha que sua decoração está apagada ou desatualizada e precisa de uma renovação, repense as suas paredes com um novo olhar.

Com a grande variedade de técnicas de pintura e decoração de paredes criativas disponíveis hoje, é fácil transformar completamente a aparência do seu ambiente sem acumular móveis novos ou ter grandes gastos.

A inspiração certa e um pouco de esforço é tudo que você precisa para dar a qualquer cômodo da sua casa uma energia fresca e convidativa, não importa suas inclinações estéticas ou de estilo.

A arte na parede chama a atenção, harmoniza o espaço e torna a sua casa mais aconchegante. A depender dos desenhos e técnicas escolhidas, você pode mudar completamente o tom da decoração e deixar seu espaço ainda mais elegante e sofisticado – ou levantar a energia e dar aquele ar de animação para um ambiente mais alegre.

Embora possa parecer uma tarefa difícil, escolher e implementar uma arte que você gosta na parede vale totalmente a pena – e pode ser um processo muito mais fácil e prático do que você deve imaginar. Embora não existam regras definidas para decorar uma casa, ter algumas instruções básicas ajudará você a selecionar o desenho perfeito para decorar a parede da sua casa.

Por isso, neste artigo reunimos as melhores dicas de como escolher desenhos para decorar suas paredes. Confira a seguir!

Dica 1: como escolher desenhos para as paredes

Antes de irmos às dicas, aqui está um conselho que você deve manter em mente ao buscar o desenho certo para a sua decoração – vá atrás de algo que você adore. É simples assim!

A arte deve evocar uma reação positiva, para melhorar o astral toda vez que você entrar no ambiente. Portanto, certifique-se de que, qualquer que seja a sua escolha, o desenho traga sentimentos de felicidade, excitação, calma ou alegria. Se não, não coloque na parede.

Embora seja comum fazer concessões ao selecionar a arte – talvez encontrar a peça perfeita tenha se mostrado difícil, ou seja, mais fácil apenas pegar o primeiro desenho que combinar com as cores do ambiente em questão – você não deve se conformar.

Pense em suas paredes como uma extensão do seu lar e trate o processo de seleção da mesma forma que você faria com um sofá, uma nova mesa de jantar ou uma cama.

A arte na parede tem o poder de transformar um espaço, então encontre a peça que faz exatamente isso em sua casa.

Dica 2: atenção para o tamanho da peça

Uma das coisas mais importantes a ter em mente na hora de selecionar a arte da sua parede é o tamanho da própria peça e da parede ou espaço vazio que você tem disponível. Uma arte linda com certeza vai deixar seu ambiente maravilhoso, mas não se os tamanhos estiverem errados e desequilibrar totalmente a decoração.

Faça a sua pesquisa com um tamanho já planejado em mente – isso permitirá que você filtre com mais facilidade as opções. Também é importante que você decida o posicionamento antes de comprar, pois isso afetará o tamanho que você está procurando.

Sua peça será colocada em uma parede vazia ou você a imagina como o plano de fundo de um móvel, como um bufê, sofá ou mesa? Planeje antes para não se arrepender depois!

Dica 3: escolha o estilo do desenho

O estilo é, com certeza, o foco principal por trás da maioria das decisões de design de interiores. Provavelmente, seu ambiente já tem um estilo e um ponto de vista estabelecidos, então, ao selecionar a arte da parede, você vai querer pesar isso e determinar como sua nova arte se encaixa em seu espaço.

Seja em estilo escandinavo moderno, tradicional, boho ou minimalista, a arte que você selecionar para a parede pode consolidar e refinar o estilo da sua casa, então escolha com sabedoria! De desenhos abstratos a artes com temas da natureza ou padrões minimalistas e neutros, existe a arte perfeita para todos se você souber procurar.

Então, aqui estão algumas de nossas principais dicas para combinar seu estilo e suas escolhas para a arte da parede:

  • Considere a sensação que sua casa evoca (ou talvez, a sensação que você deseja que ela evoque) e encontre uma arte que reflita isso. Você quer se sentir como se estivesse na praia quando, na verdade, mora no meio de uma cidade agitada e estressante? É provável que suas escolhas de design o ajudem a se sentir relaxado, em vez de agitado. Reflita isso em sua arte.
  • Deixe o estilo influenciar o tipo de arte que você escolher. Casas modernas podem se beneficiar de peças simples e em preto e branco, enquanto uma cabana costeira pode se adequar mais a um desenho texturizado em tons de praia.
  • Em caso de dúvida, o enquadramento é o seu melhor amigo. Se você escolheu uma peça e ela parece um pouco estranha, talvez reformular o contexto possa mudar sua perspectiva. Brinque com os outros elementos do ambiente para transformar o cenário ao redor da sua arte.
  • Não deixe o tamanho em segundo plano. É uma consideração tão importante, então certifique-se de considerar a escala da peça que você está selecionando, bem como seu estilo geral.

Dica 4: use bem as cores

Outra tática comumente usada para escolher a arte da parede é encontrar peças que combinem com os esquemas de cores existentes em seu ambiente. Embora não estejamos dizendo que os amantes do design minimalista e neutro devem refletir essas vibrações exatas em cada peça de arte que compram, é um bom ponto de partida para encontrar algo que você ama e que se encaixa perfeitamente em um espaço.

Existem duas abordagens principais para selecionar arte de parede por cor, sendo a primeira o uso de tons de destaque. Selecione uma ou duas cores que já estão presentes na sala e deixe que elas guiem a arte que você escolher. Isso cria consistência e, por sua vez, um resultado coeso, sofisticado e contemporâneo. Brinque com os tons e tons dessas cores para adicionar profundidade sem se afastar muito da paleta de cores existente.

O outro conceito para selecionar arte pela cor é ousar, mas dentro do razoável. Selecione a cor mais presente e proeminente na sala e traduza para a sua arte de parede em vários tons complementares na roda de cores. A arte na parede é talvez um dos únicos lugares onde você pode realmente optar por cores ousadas e brilhantes, então aproveite ao máximo, desde que tudo esteja vinculado à sua estética atual. Se você mantiver os subtons em mente, é difícil falhar aqui.

Dica 5: escolha a melhor técnica para a sua arte

Existem várias maneiras de adicionar um desenho à sua parede. Você pode comprar um adesivo pronto, mandar imprimir uma arte exclusiva em papel adesivo, desenhar nas paredes com caneta, pintar à mão livre, ou utilizar técnicas de pintura com tinta – como o stencil ou a pintura com esponja. Tudo vai depender do desenho escolhido e do efeito que você deseja criar no seu ambiente.

Os adesivos são uma opção muito popular porque são muito simples de aplicar: basta escolher seu design, optar por um tamanho adequado à sua parede, e ele vem pronto para ser aplicado. No entanto, opções como a pintura com stencil também criam um efeito de padrão bem interessante, e podem ser bastante divertidos para um projeto de faça você mesmo.

Pesquise sobre as diferentes maneiras de aplicar seu desenho na parede e escolha!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais, com a família e amigos.

COMENTÁRIOS

DEIXE NOSSO CONTEÚDO ENTRAR NA SUA CASA.

Receba novidades, promoções e dicas em seu email.