Dicas de como escolher cores para sua casa!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Mais do que escolher os móveis e artigos de decoração certos, o que realmente harmoniza qualquer ambiente é o esquema de cores e tonalidades utilizados. A cor pode transformar rapidamente uma sala simples em um espaço impressionante, mas selecionar a paleta certa de cores para a sua casa costuma ser um desafio e tanto.

Se você parar por um segundo e olhar em volta, perceberá que todos os cômodos da sua casa têm uma paleta de cores, mesmo que seja apenas monocromática. Embora o estilo de decoração para cada cômodo tenha muito a ver com a utilização de cada espaço, aprender como escolher uma paleta de cores para sua casa é a chave para que a composição fique harmoniosa e bonita.

Portanto, se você tem dificuldade de criar uma aparência coesa para os seus ambientes apesar de investir em móveis e objetos de decoração incríveis, este artigo é para você! Continue lendo e descubra como escolher cores para sua casa de maneira harmoniosa e bela.

Dica 1: Escolha um esquema de cores do maior padrão do espaço

Se você tem um estofamento estampado, um tapete oriental ou uma bela obra de arte, escolha as cores de destaque que você gosta destes itens para aplicar em outros objetos e nas superfícies. Para obter uma tonalidade mais neutra na composição, observe os brancos e beges da peça para harmonizar com os tons de destaque.

Dica 2: Comece com as áreas formais da casa

A sala de estar, a sala de jantar e a entrada costumam ser bons espaços para começar a escolher as cores para sua casa. Escolha um esquema de cores para essas áreas primeiro e, em seguida, extraia uma cor do esquema. Por exemplo, pegue o sofá vermelho e diminua o tom (digamos, cor de vinho) para um destaque em espaços mais privados, como a sala, o escritório ou o quarto.

Dica 3: Decore seu espaço do escuro ao claro, verticalmente

Um truque utilizado por muitos decoradores para deixar qualquer espaço bonito sem muito risco é usar tons de cores mais escuras para o piso, valores de cores médios para as paredes e valores de luz para o teto. Os espaços interiores replicam o ambiente externo, que é geralmente mais escuro abaixo de nossos pés, como a própria terra, de tom médio quando você olha para frente dos edifícios e árvores, e com cores mais claras em direção ao céu.

Dica 4: Estude a cor de suas roupas

A maioria das pessoas compra roupas com as cores que gostam de usar e pensam que ficam bem. Da mesma forma, você deve decorar seus ambientes com cores que você acha que combinam com a sua identidade. Se você não usa amarelo, não compre um sofá amarelo, por exemplo.

Dica 5: Use a roda de cores

Existem vários esquemas de cores diferentes que você pode fazer com a roda de cores. Nela, você tem as cores primárias, secundárias e terciárias. As cores primárias são vermelho, azul e amarelo, cores puras e que não podem ser criadas.

Cores secundárias são laranja, verde e roxo, formadas quando partes iguais de 2 cores primárias são combinadas. Por exemplo, partes iguais de amarelo e azul tornam o verde. Por fim, as cores terciárias são uma mistura, em partes variáveis ​​de cores secundárias e primárias, para criar matizes diferentes.

A partir desta teoria básica, é possível combinar diferentes tons para criar efeitos diversos, a depender da sensação que você quer gerar no ambiente:

Monocromático

O esquema de cores monocromático usa tom sobre tom da mesma cor com a adição de branco ou preto para clarear ou escurecer a cor. Por exemplo, neste esquema, o azul pode se tornar um azul do céu claro ou um azul escuro da meia-noite, utilizando matizes do mesmo tom ​​para criar esse efeito.

Análogo

O esquema análogo usa cores que aparecem próximas umas das outras na roda de cores. Por exemplo, amarelo será usado com verde ou laranja, ou azul será usado com verde ou roxo. Isso cria uma paleta colorida e geralmente suave.

Contraste

O esquema de contraste é mais dramático. Aqui, uma tríade de cores contrastantes é usada, como amarelo-laranja, verde-azul e vermelho-roxo. Isso introduz mais cor e energia na paleta de cores para sua casa.

Complementar

Por último, temos o esquema complementar onde duas cores opostas, como azul e laranja, são usadas juntas para criar um esquema de cores dramático, ousado e de alta energia.

Acesse nosso blog e confira mais artigos com tendências e dicas especiais de decorações!

COMENTÁRIOS

DEIXE NOSSO CONTEÚDO ENTRAR NA SUA CASA.

Receba novidades, promoções e dicas em seu email.